November 19, 2017

Dos anjos que são enviados para nós

Uma foto do Billy para ilustrar este post. Não falei dele, mas sim de outro cachorro. Maaas, como não tenho a foto do anjinho da guarda, tenho do meu outro anjinho, o Billy!


Ontem aconteceu algo bem... inesperado. Foi uma surpresa, ótima surpresa! Que foi motivo do meu sorriso o restante do dia (mesmo nervosa por ter que arrancar um dente mais tarde).

Há uma grande chance de eu ter ansiedade, e talvez seja por isso que nos últimos meses (talvez nos últimos dois anos) eu tenha uma certa dificuldade para sair de casa. Sempre precisava de alguém para ir comigo nos lugares, e quando não tinha, eu tinha crises por medo de ter que sair sozinha achando que ia morrer.

E nesse sábado tive que enfrentar este monstrinho que é o pensamento negativo, até que eu estava com um pensamento tranquilo. Só tinha que me manter com esse mesmo pensamento até chegar no curso.

Assim que eu saí de casa, vi um dos cachorros que fica por aqui pela rua. Continuei andando até um certo ponto e levei um susto quando ele lambeu minha mão e foi andando. Parecia que estava me dizendo que estaria junto comigo e que não era para eu me preocupar. Achei que ele iria só até a esquina porque é bem difícil encontrar os cachorros andando para mais longe. Subiu a ladeira junto comigo, e, chegando na principal me observou atravessar a rua e somente quando parei na parada de ônibus que ele deu uma última olhada e voltou.

E ele foi um dos motivos pelo qual eu sorri naquele dia. Não sou muito de crer em coisas e momentos, mas naquele dia eu senti que um anjo em forma de cãozinho foi enviado para me ajudar naquele dia!

0 Sintonias:

Post a Comment